Notícias > Artigos > Juntos pelo Outro
Abril 20
Juntos pelo Outro

Foi esta a conclusão que a turma P48 tirou dos diferentes projetos de voluntariado por si desenvolvidos durante o 1º e 2º períodos do presente ano letivo.

Banco Alimentar contra a Fome; Canil da Aroeira; Casa Centro de Apoio sem Abrigo e Centro Juvenil Três Vales foram as Instituições que acolheram a iniciativa dos/as alunos/as, transportando para o plano prático a teoria dos módulos lecionados na disciplina de Área de Integração.

Embora os grupos de trabalho tenham enfrentado algumas dificuldades, dado que se tratava de realizar, em alguns casos, o seu primeiro trabalho de voluntariado, no final, foram unânimes na avaliação do projeto e no impacto que teve nas suas vidas.
O grupo desenvolveu a sua ação na Casa Centro de Apoio sem Abrigo referiu que “gostámos de realizar a nossa ação de voluntariado, foi uma experiência incrível com pessoas magnificas e bastante profissionais, deixaram uma brisa de saudade e a vontade de querer voltar a repeti-la, embora tenha sido chocante contactar com o desalento, a falta de esperança e vontade de viver dos utentes. Tudo isto fez-nos perceber que temos de aprender a dar mais valor às nossas vidas, já que para além de conseguirmos garantir a nossa sobrevivência ainda sobra para as nossas futilidades”.

Acerca do Centro Juvenil disseram: “Eu já conheço o Centro Juvenil há imenso tempo, visto que, quando era criança passei grandes momentos nesse espaço, tenho um grande carinho pelas pessoas e sempre que posso, regresso”; “Conheci o Centro Juvenil Três Vales no dia do voluntariado, através de um colega, e confesso que adorei, é muito agradável e aconchegante”.
Um dos grupos que estiveram no Canil da Aroeira afirmou: “Este trabalho, consistiu em perceber que globalmente na nossa sociedade, nem todos vivemos com as mesmas condições dignas e percebemos que um simples gesto de cada um, poderá marcar a diferença”.
Outro grupo que também esteve nesta ONG concluiu: “Queremos salientar o quão importante é fazer um pouco pelos outros, dar amor ao próximo e estar sempre disposto a ajudar. Reflete a individualidade de cada um, tendo em conta que nem toda agente está disposta a usar o seu tempo em função de uma causa externa. O facto de termos a possibilidade de fazer voluntariado é muito gratificante para algumas pessoas pois, ajudar animais com necessidades as faz sentir útil”.
 

Os/as alunos/as que participaram numa das iniciativas nacionais do Banco Alimentar Contra a Fome mencionaram que “colaborar com Instituições que ajudam o próximo é verdadeiramente inspirador para nós, pois, fica a vontade de regressar e de alguma maneira dar continuidade no nosso quotidiano a ações desta natureza”.    
Em suma, este projeto de voluntariado embora faça parte da componente avaliativa da disciplina de Área de Integração, permitiu aos alunos entrar em contacto com outras realidades, à partida mais difíceis que as suas, sensibilizando-os para a importância de ser solidário com o Outro, contribuindo deste modo para uma sociedade menos desigual e com esperança no futuro.

 

Juntos pelo outro.JPG


 

Comentários

Não existem comentários para este artigo.