Notícias > Artigos > E se fosse contigo?
Julho 16
E se fosse contigo?

Descobrir na flor da vida que se tem uma doença autoimune e degenerativa que transforma os nossos planos do avesso, foi o que aconteceu a um jovem adulto que, justamente, no dia em que se comemora a Esclerose Múltipla, 30 de maio, deslocou-se à EPED, juntamente com duas colaboradoras da Associação SPEM, para abordar/desmistificar a  sua enfermidade junto das turmas P56 e P57.

O jovem relata como era a sua vida antes da EM e depois da EM, numa voz tranquila, referiu a importância que a sua rede social, constituída por familiares e amigos, teve aquando a descoberta da doença; explicou a alterações que foi forçado a fazer no seu quotidiano. Aconselhou a todos/as uma vida saudável, com uma alimentação equilibrada e prática de desporto, sem drogas, álcool e níveis exagerados de stress. Tal como todos/as os/as outros/as utentes da SPEM, o jovem passou a ideia que as pessoas que têm esclerose múltipla não são a doença e continuam a ser pessoas com sonhos e a perseguir a ambição de qualquer mortal que é a de atingir a felicidade.

No final, os colaboradores da SPEM propuseram um jogo a todos os presentes, intitulado “Kit”, o qual é constituído por um par de luvas, umas barbatanas e uns óculos, exemplificando como os doentes se sentem e as dificuldades diárias que passam. Ora, as luvas serviu para demonstrar a falta de sensibilidade e dormência; as barbatanas para a falta de equilíbrio e os óculos para a falta de visão. A turma participou ativamente neste exercício e durante, aproximadamente, 90 minutos que durou a iniciativa, foi sempre colocando perguntas enriquecendo a iniciativa e manifestando interesse pela temática. Os/as alunos/as que organizaram a palestra distribuíram um marcador de livros e molinhas com um laço laranja feito por si, a todos/as participantes (oradores/as; professora e alunos/as). Os representantes da associação ofereceram material informativo sobre a doença.

Antes das despedidas, houve tempo para uma fotografia de grupo, a qual foi colocada nas redes sociais.

E se fosse ctg.jpg

Comentários

Não existem comentários para este artigo.