Notícias > Artigos > Ainda existem Boas Almas?
Novembro 15
Ainda existem Boas Almas?

As turmas P49; P58; P59 e P62, no passado dia 31 de outubro, deslocaram-se ao Teatro Joaquim Benite em Almada, para assistir à peça do dramaturgo alemão, Bertold Brecht, intitulada “A Boa Alma de Sé-Chuão”. 

Ao longo de aproximadamente duas horas e trinta minutos, alunos/as e professores/as tiveram oportunidade de seguir o dilema vivido por Chen-Te, entre escolher ser boa pessoa, orientando a sua ação respeitando valores éticos ou, pelo contrário, adotar princípios egoístas, tornando o espaço social cinzento e as relações desumanas. A ação da história decorreu em diferentes cenários, convidando os/as atores/atrizes a expressarem-se através do código verbal mas também do exigente código não verbal, com especial destaque para a expressão corporal dando um maior enfase à mensagem da Obra.

Na discussão tida com os/as alunos/as, as professoras responsáveis pela visita de estudo aperceberam-se que a mesma foi bastante apreciada devido, justamente, ao facto de os/as personagens apresentarem uma linguagem verbal com expressões do nosso tempo acompanhada por uma linguagem corporal que estabelecia a ponte entre o público, o texto e o ator.


Comentários

Não existem comentários para este artigo.